sábado, dezembro 03, 2011

Síria: Os últimos dias do regime podem levar à uma guerra.

Um trabalho de extrema inteligência precisa estar sendo coordenado em campo. Não há uma chance para cometer erros. Se Al-Assad não renunciar, deverá ser preso pelas autoridades árabes. Potências aliadas à Síria aguardam menores sinais dos Estados Unidos neste conflito para iniciar uma revanche. Para a Rússia e o Iran, a Síria não passa de um bode expiatório. Uma isca para atrair os EUA e dar a oportunidade para a Índia de se juntar ao grupo e traçar seus planos de vingança.


Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 03 de Dezembro de 2011 - 14h35min.

Independente de quem esteja no poder, a Síria é mais do que um povo em desespero, é uma isca que é explorada por potências rivais aos Estados Unidos pelo elevado apelo humanitário. O chamariz perfeito.
Video: No lado libanês da fronteira, a Cruz Vermelha atende aos civis feridos pelo exército sírio.


Isto não pode estar acontecendo sem nenhum propósito! Na disputa pelo poder e o controle do Oriente médio, as potências Rússia, Estados Unidos e agora a China, se digladiam nos bastidores, enquanto a população síria vem sendo sacrificada por monstros cujos corações foram retirados e comidos por seus próprios donos.

Video: Esta é a única vez que uma manifestação é armada: Batalhão do Exército sírio no Canto do Monte. Base militar comandada por Maher Assad. A tropa segue em marcha para cumprir a missão de atormentar o povo.


A ativista que usa o apelido de "Jessy Rainha" reportou às 12:30min (GMT-3).

Em Canto do Monte - fomos informados que na cidade de Jericó acontece o seguinte:
"Às 12 horas um carro Zell carregado com soldados e Hbihh do leão (Assad) iniciaram um ataque às lojas e tiroteio aleatório e muito denso em direção as casas e os transeuntes, o que levou imediatamente ao martírio de três pessoas que conhecíamos, citando o nome de um deles, chamado Ammar colar Abu e ferindo seis outros. Um deles teve graves ferimentos."
"...Informações adicionais de que a Cidade de Jericó está completamente cercada e que serviços de Internet foram cortados completamente."
Direito de ir e vir


Em qualquer lugar do mundo atravessar uma rua é a coisa mais comum que um ser humano possa fazer, mas na Síria nunca foi tão difícil:


E quando se consegue... É inacreditável ainda estar vivo...  Pode comemorar:




Inteligência

Fontes de inteligência descobriram que o General Ali Habib, anunciado como morto no dia 08 de Agosto deste ano, anunciado por Al-Assad como suicídio ao ter sido supostamente encontrado com um tiro na cabeça em seu quarto. O General Ali Habib era secretário de Defesa do regime sírio e apareceu na TV estatal pedindo demissão. Informações ultra sigilosas publicadas pelo site "all4syria" de que, a autoridade foi assassinada pelo regime, em confirmação da suspeita anteriormente levantada.

Agentes da revolução síria infiltrados na segurança de Al-Assad disseram que sua morte foi ordenada porque o General era acusado de fornecer informações para veículos de comunicações agências internacionais.  As fontes disseram que o General foi internado no hospital militar em Damasco, na ala dos oficiais. As fontes afirmam que ele recebeu doses de substâncias letais injetadas durante sua internação e que demoravam a ser detectadas em exames.

Navio sírio afundando

Um navio cargueiro sírio transportando cerca de 4.000 toneladas foi citado como afundando no Mar Vermelho pelo Centro de Operações de Emergência Egípcia de Dwian. O site "aliqtisadi" disse que o navio está afundando em frente a cidade de Safaga. Segundo a fonte a informação foi passada via rádio ao pedir socorro, que o operador teria afirmado que a tripulação de 14 pessoas e 4.000 toneladas de carga estavam indo para o fundo do Mar Vermelho. As causas ainda não foram informadas.

Artigo em Destaque

EDITORIAL - O Brasil é perfeito para quem não teme o trabalho honesto

Temos que combater os esforços da mídia paga, que visa fazer as pessoas amarem mais o mal que o bem. Se você concorda leia, comente e compa...

Leia também: